Desembargadora aposentada olhada meio de lado

Publicada em 24/06/2015.

A desembargadora aposentada Maria Berenice Dias, 63 idade, admitiu para o jornal Folha de S. Paulo, que já se acostumou a ser "olhada meio de lado" quando começa a discorrer sobre direito homoafetivo, sua especialidade.
 
"As pessoas sempre acham que, como me interesso por essas questões, sou homossexual", disse ela.  Mas não é!
 
Gaúcha de Santiago, mãe de três filhos (uma que é novel juíza), Berenice é divorciada de um também desembargador aposentado. Depois do casamento, teve namorados e uniões estáveis.  

Para ela, "os tribunais brasileiros têm avançado, mas ainda faltam leis específicas para que direitos já garantidos aos casais heterossexuais, como união estável, herança e adoção, sejam estendidos aos homossexuais".
 
Como advogada, ela coordena esta semana no Rio o 1º Congresso Nacional de Direito Homoafetivo, afirmando que o motivo é o receio dos legisladores de desagradar eleitores e, assim, perder votos. "Como resultado, temos uma Justiça de meia-sola, que "adapta leis para regularizar situações de fato".

 

Fonte: http://espacovital.com.br/noticia_ler.php?id=22693

Copyright 2017. Maria Berenice Dias

Maria